Vale conclui compra da Fosfertil

SÃO PAULO – A Vale concluiu a aquisição, por US$ 3 bilhões, de uma participação direta e indireta de 58,6% no capital social da Fosfertil, empresa que produz nutrientes de fertilizantes.

Além disso, a mineradora anunciou hoje a conclusão da compra dos ativos brasileiros da Bunge na área de fertilizantes, que somaram US$ 1,7 bilhão.

A operação com a Fosfertil envolve a compra das participações da Yara, da Fertilizantes Heringer e da Fertipar, além da fatia da Bunge, que controlava a empresa. O preço por ação foi de US$ 12,0185.

Já a compra dos ativos na área de fertilizantes da Bunge inclui minas de rocha fosfática e unidades produtoras de fosfatados. O negócio não envolve operações de distribuição e varejo.

Pelo mesmo valor pago aos demais acionistas, a Vale realizará uma oferta pública para adquirir uma fatia de 0,19% em ações ordinárias que estão nas mãos de minoritários da Fosfertil.

A companhia ainda mantém um contrato de opção de compra da participação de 20,27% da Mosaic no capital social da Fosfertil – também pelo preço por ação de US$ 12,0185, o que corresponde a um montante total de US$ 1,029 bilhão. "Esta transação deverá ser concluída no futuro próximo", diz a empresa.

A Vale diz que a transação está em linha com sua estratégia de buscar a liderança global no mercado de fertilizantes.

"Dada a qualidade dos ativos adquiridos e dos bons fundamentos de mercado, esperamos que esta transação produza retornos acima do nosso custo médio ponderado do capital, criando significativo valor para os nossos acionistas", afirma a mineradora.

(Eduardo Laguna | Valor)

+ posts

Share this post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.