Wizard negocia compra de redes de ensino no exterior

A rede de escolas de idioma Wizard quer ampliar sua presença pelo mundo. Atualmente o grupo é o maior do setor no Brasil, tem unidades pela América Latina e China. Agora os acionistas da empresa tentam comprar o Wall Street Institute, que pertence ao fundo de private equity americano Carlyle e entrar em outros 27 países, a maior parte deles na Europa como França, Alemanha e Itália.

Além do Wall Street Institute, a Wizard negocia a compra da rede de escolas de idioma Interlínguas, uma das maiores do México.

(Marcelo Onaga | Portal Exame)

+ posts

Share this post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.