Yázigi completa 60 anos em 2010 e se prepara para a abertura de 35 escolas

O Yázigi Internexus – primeira franquia de idiomas do país – aposta no ano de 2010 para uma virada em seus negócios. Em outubro, a rede completa 60 anos em operação. O Yázigi foi a primeira rede de escolas de idiomas a ter capital totalmente nacional e a primeira a adotar o sistema de franchising ainda na década de 50. Para este ano, os planos são ousados. A marca deve inaugurar cerca de 35 unidades e seu faturamento também deve ser incrementado, superando R$ 235 milhões.Para alavancar o seu crescimento, o Yázigi também tem planos de adquirir outros grupos menores de idiomas.

– Estamos estudando a aquisição de outras redes como forma de acelerar nosso crescimento – comenta Alexandre Gambirásio Silva, diretor-presidente da marca.

A base de alunos, que hoje concentra uma média de 180 mil estudantes/ano, será ampliada com as novas escolas. Até o fim de 2010, mais ou menos 200 mil alunos estudarão no Yázigi Internexus. Para a captação desses estudantes, a rede preparou uma estratégia que inclui novos tipos de cursos, com ciclos mais rápidos de duração, investiu em seu portal de ensino a distância, a House of English, e está lançando um programa de certificação internacional, que dará aval à qualidade dos cursos Yazigi.

Reposicionamento – Para dar fôlego ao novo momento de seus negócios, o Yázigi tem procurado focar em diferentes tipos de mídias. A empresa acaba de colocar no ar sua nova campanha de marketing com um investimento de R$ 6 milhões. O Yázigi lançou o slogan "Viva o Mundo Hoje" em uma ação nacional que envolve filme, spots de rádio, busdoor, outdoor, tudo assinado pela EURO RSCG, uma das mais importantes agências de propaganda do mundo.

Um dos principais esforços da campanha é reforçar o aprendizado de um outro idioma como uma necessidade para o presente, e não mais somente como um atributo para o futuro, por exemplo. Assim, a faixa etária focada pela estratégia é mais ampla, atingindo alunos de diferentes perfis.

Para 2010, o Yázigi também deve investir forte nas redes sociais. Twitter, Orkut, Youtube devem entrar para o portfolio de comunicação da empresa, que já vem mapeando o uso dessas ferramentas há algum tempo.

Ainda segundo a empresa, a Copa do Mundo e os Jogos Olímpicos, ambos sediados no Brasil, vão impactar fortemente a demanda de alunos na rede. Algumas regiões estão na mira para a implantação de novas escolas. Líder no Norte do país, a empresa tem planejada a abertura de mais 3 escolas em Manaus. No sudeste, São Paulo e Rio ganham força. O estado fluminense, por exemplo, deve dobrar seu número de escolas em operação: de 23 para 46.

-Os eventos esportivos internacionais que teremos no país demandam mão-de-obra qualificada. Teremos muito mais pessoas estudando inglês e espanhol, o que nos dá abertura para poder ampliar nossa base de estudantes e aumentar o número de escolas. Temos um plano sustentável para isso, contemplando, inclusive, o período pós-eventos, de forma a termos um crescimento estruturado e definitivo – completa Gambirásio.

 

 

+ posts

Share this post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.