Além de IPO da área de seguridade, BB pode criar banco de investimento

O Banco do Brasil (BBAS3) estuda a possibilidade de criar uma estrutura a parte para sua área de mercado de capitais, colaborando com a sua intenção de se tornar o maior banco de investimentos do país, diz reportagem do Valor Econômico desta sexta-feira (4).
 
O projeto, ainda em fase de análise, prevê a adoção de um acordo operacional ou de uma joint venture com uma instituição privada, com o BB controlando a empresa criada. Segundo a reportagem, o banco avalia medidas para se tornar mais competitivo no setor

A notícia destaca ainda que um dos problemas enfrentados pelo banco é a remuneração da equipe, que é variável em bancos de investimentos, dependendo do desempenho da instituição e do profissional, mas que é inviável no BB, por ser um banco público com funcionários concursados.
 
Paulo Rogério Caffarelili, vice-presidente de atacado, negócios internacionais e private bank do BB, disse ao jornal que uma decisão será tomada ao longo deste ano.
 
Em 2012, o banco aumentou sua participação em volume de operações de renda variável, participando de cinco ofertas de ações, que somaram R$ 8,086 bilhões, entre elas a oferta inicial do BTG Pactual (BBTG11), considerada a maior operação do ano e que movimentou R$ 3,234 bilhões.

(Infomoney)

+ posts

Share this post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *