Bradesco vê aumento significativo de IPOs em 2013

O Bradesco BBI, braço de investimentos do Bradesco, espera um ano movimentado no mercado de capitais brasileiro, com um aumento significativo de empresas abrindo seu capital.

Em teleconferência com analistas, para comentar os resultados referentes ao quarto trimestre de 2012, o presidente do Bradesco, Luiz Carlos Trabuco, disse que o segmento de médias empresas deve protagonizar esse aumento de ofertas públicas iniciais de ações (IPO, na sigla em inglês).

De acordo com, ele, o “crescimento do mercado interno e a inclusão de consumidores favorecerá o desenvolvimento das empresas, que terão no mercado de capitais uma fonte de baixo custo para se financiarem”.

Trabuco citou ainda iniciativas como as do Banco Central e da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) para estimular a entrada de empresas na bolsa, melhorando a eficiência e os custos do segmento de acesso da bolsa brasileira.

Resultados e concorrência

A receita do Bradesco BBI cresceu 110,64% no quarto trimestre de 2012, chegando a R$ 198 milhões, para R$ 94 milhões no terceiro trimestre.

Com esse desempenho, a receita do banco de investimentos subiu para R$ 517 milhões, alta de 73,5% em relação aos ganhos registrados em 2011, de R$ 298 milhões.

Esses resultados foram obtidos em um cenário de competição cada vez mais acirrada entre as instituições financeiras, com as margens de lucro pressionadas pelo movimento de queda dos juros.

Segundo Trabuco, esse cenário de concorrência entre os bancos de investimento é benéfico, pois tende a tornar o custo de capital no Brasil mais barato. “Toda vez que aumenta a competição, quem ganha é o cliente”, afirma. “Esse cenário veio para ficar, e temos que nos acostumar com isso.”

(Exame)

+ posts

Share this post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.