CPFL Paulista irá emitir R$ 505 milhões em debêntures

A Companhia Paulista de Força e Luz (CPFL Paulista), em reunião do conselho de administração realizada nesta quinta-feira (31/1), aprovou a sétima emissão de debêntures.

Serão emitidos até 50,5 mil ativos, no valor unitário de R$ 10 mil, totalizando R$ 505 milhões.

A operação será em série única, datada de 5 de fevereiro de 2013.

O capital levantado com a operação será utilizado para alongar o endividamento da CPFL Paulista, e para reforçar seu capital de giro.

O prazo de vigências das debêntures será de oito anos. A amortização do valor nominal unitário das debêntures será feita anualmente, no dia 5 de fevereiro de cada ano, a partir do quinto ano a contar da data de emissão.

A companhia irá realizar a amortização de 25% da dívida a cada ano, do quinto até o oitavo ano a partir da data de emissão.

A partir do 37° mês contado da data de emissão, a CPFL Paulista poderá, a seu exclusivo critério, resgatar os ativos antecipadamente, total ou parcial, pelo seu valor nominal unitário, acrescido de remuneração e prêmio máximo de 0,50%.

A remuneração das debêntures contemplará juros remuneratórios, a partir da data de emissão, correspondentes à variação acumulada de 100% das taxas médias diárias dos Depósitos Interfinanceiros (DI) de um dia, acrescida de uma sobretaxa de 0,83% ao ano.

A remuneração será paga semestralmente, sendo o primeiro em 5 de agosto de 2013, e os demais no dia 5 dos meses de fevereiro e agosto subsequentes.

CPFL Piratininga

O conselho da Companhia Piratininga de Força e Luz (CPFL Piratininga) também aprovou a sétima emissão de debêntures.

Serão emitidos até 23,5 mil ativos, no valor unitário de R$ 10 mil, totalizando R$ 235 milhões.

O restante das características são idênticas à de sua coligada.

(Brasil Econômico)

+ posts

Share this post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *