Itaú reforça que não pagará mais que R$ 35 por ação da Redecard

Banco irá convocar nova assembleia para avaliar a empresa, mas não pretende pagar mais que o já divulgado
São Paulo – O Itaú Unibanco (ITUB3; ITUB4) reforçou nesta segunda-feira que não irá pagar um valor acima de 35 reais por ação da Redecard (RDCD3) na oferta pública de aquisição de ações (OPA) que visa comprar todos os papéis na bolsa e cancelar o registro de companhia aberta da empresa, mostra um comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Na semana passada, após o laudo de avaliação da Redecard mostrar que os 35 reais por ação oferecidos pelo banco é um valor dentro da faixa do que vale a companhia, a gestora Lazard Asset Management, que tem mais de 10% das ações em circulação da Redecard, exerceu o direito dos minoritários e pediu uma nova avaliação sobre quanto vale a companhia.

Segundo comunicado enviado para a Comissão de Valores Mobiliários (CVM), eles pedem a convocação de uma assembleia geral especial para que seja votada a possibilidade de uma segunda avaliação sobre a Redecard. O Itaú Unibanco marcou o encontro para o próximo dia 15 de maio, porém reiterou que desistirá da oferta caso o valor fique acima do proposto atualmente.

(Exame)

+ posts

Share this post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *