Brasil Ecodiesel planeja vender ativos e busca fusões e aquisições

A Brasil Ecodiesel apresentou seu "Direcionamento Estratégico", no qual detalha as principais ações que pretende tomar nos próximos meses. No entanto, não foram divulgados prazos e valores.

A companhia anunciou que pretende se desfazer de ativos ociosos, entre eles fazendas nos estados do Piauí, Ceará e Minas Gerais, que totalizam uma área de 23.232 hectares. Também está programada a venda de uma esmagadora de grãos.

A Ecodiesel também buscará aproveitar toda e qualquer oportunidade de fusão ou aquisição, tendo em vista que o mercado de biodiesel é bastante pulverizado.

O cenário base da empresa contempla um crescimento na demanda mundial de biodiesel e que o governo passará a adotar o sistema de mercado livre, encerrando os leilões do produto.

O resultado é maior competição e a empresa vislumbra a necessidade de se integrar mais na cadeia de suprimentos, buscando alternativa de matérias-primas.

Entre os projetos em estudo na busca por novas matérias-primas, o plano destaca a produção de pinhão manso, uma oleagionosa já plantada pela companhia em caráter experimental. Também serão feitos esforços em pesquisa e desenvolvimento e a busca de parcerias.

Todos os projetos listados demandarão investimentos, em valor não revelado, mas a companhia aponta o Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste (FCO), como uma das possíveis fontes de recursos.

(Eduardo Campos | Valor)
 

+ posts

Share this post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.