Braskem inaugura fábrica de eteno verde no RS

São Paulo – A Braskem inaugurou, no Pólo Petroquímico de Triunfo (RS), sua unidade industrial de eteno verde. Com a unidade, a empresa espera produzir 200 mil toneladas de polietileno verde por ano. Foram investidos cerca de 500 milhões de reais no projeto, concebido com tecnologia própria da companhia.

A Braskem avalia a possibilidade de implantar uma nova unidade de eteno verde diante do interesse demonstrado pelo mercado. A empresa estabeleceu parcerias de fornecimento de polietileno verde para clientes nacionais e internacionais. Entre os interessados estão Tetra Pak, Toyota Tsusho, Shiseido, Natura, Acinplas, Johnson&Johnson, Procter&Gamble e Petropack, entre outras. Produtos destinados à higiene pessoal e limpeza doméstica, embalagens de alimentos, brinquedos e utilidades domésticas estão entre as primeiras aplicações do plástico de origem renovável, segundo a Braskem

A unidade de eteno verde teve o prazo de construção antecipado para 16 meses, abaixo do orçamento, sem acidentes com afastamento, segundo a empresa. Com o início das operações, a empresa passa a fornecer resina de origem renovável. O plástico verde retira até 2,5 toneladas de carbono da atmosfera para cada tonelada produzida de polietileno desde a origem da matéria-prima.

O projeto da planta de etanol verde vai consumir cerca de 462 milhões de litros de etanol/ano, volume que inicialmente será adquirido em regiões como São Paulo, Minas Gerais e Paraná. Com a nova unidade, a Braskem vai consumir 570 milhões de litros de etanol em suas plantas no Rio Grande do Sul.

A construção e a montagem foram executadas pela Construtora Norberto Odebrecht. A Genpro atuou com a expertise em engenharia, a OPI com o suprimento internacional, e a Braskem com a tecnologia, o projeto conceitual e básico, e o gerenciamento da aliança.

(Beatriz Olivon | Portal Exame)

 

 

 

+ posts

Share this post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.