Valuation: como calcular o valor de uma empresa

Calcular o valuation de uma empresa é um ponto fundamental para iniciar qualquer negociação de compra e venda. Conheça os métodos mais utilizados.

Você já imaginou quão desconfortável é estar sentado à mesa de negociação, de frente para um comprador, e não saber se está vendendo sua empresa pelo preço justo? Ou, se for o comprador, se está pagando caro demais pelo negócio?

Essa sensação é vivenciada por diversos empresários que não realizaram uma avaliação econômico-financeira baseada em metodologias e critérios técnicos antes de iniciarem as negociações de compra ou venda. 

Ainda pior do que isso é quando se descobre, apenas ao fim da transação, que foi feito um mau negócio. Esses casos são mais comuns do que se imagina e, geralmente, têm o potencial de impactar negativamente a transação de duas formas.

Na primeira, faz com que as partes não cheguem a um consenso em relação ao preço justo; portanto, a transação não é concluída. Na outra, o impacto ocorre quando a transação de fato é concluída, produzindo um prejuízo financeiro relevante para um dos lados. 

Para solucionar isso, é preciso fazer previamente o valuation da empresa, o qual pode ser calculado de diferentes formas. 

A teoria financeira traz à luz três principais formas de se avaliar uma empresa, cada uma delas mais adequada ao estágio do ciclo de vida em que o negócio se encontra, que são:

Avaliação patrimonial

Para avaliar uma empresa que não é capaz de gerar caixa, tal como uma holding ou uma empresa em declínio (no fim do ciclo de vida), a metodologia mais comumente utilizada é a avaliação patrimonial. 

Essa metodologia assume que o valor da empresa está diretamente relacionado com a soma do valor de venda de seus ativos subtraídos de seus passivos. Ou seja, devem ser avaliados, individualmente, todos os itens com valor venal, tais como: estoques, máquinas, equipamentos, veículos, imóveis e o contas a receber. Esse último item, eventualmente, precisará de algum tipo de ajuste, como a eliminação de devedores duvidosos e ajustes a valor presente. De forma similar, cada item do passivo também precisará ser ajustado, como o contas a pagar, fornecedores, impostos etc. 

Vale lembrar que, dependendo do tipo de operação (liquidação, reestruturação societária etc.) ou do objeto da venda (venda de certos ativos x venda da pessoa jurídica), existem ainda potenciais contingências passivas que precisam ser computadas e deduzidas do valor total dos ativos, tais como rescisões trabalhistas, asset retirement obligation, entre outras.

Ressalta-se que essa metodologia não captura qualquer expectativa de ganhos econômicos futuros e, por isso, não é adequada para avaliar negócios lucrativos com potencial econômico.

Avaliação por múltiplos de mercado

Nessa metodologia, considera-se que a empresa é capaz de gerar fluxo de caixa futuro. A partir disso, seu valor de referência para negociação será obtido por meio da comparação com transações recentes de Fusões e Aquisições de empresas similares (ou com base no valor de empresas negociadas na bolsa de valores quando adequado). 

Ou seja, trata-se de uma avaliação relativa, uma vez que considera os preços transacionados no mercado como um referencial para o da própria empresa. Desse modo, se você está avaliando um shopping center, deve analisar o valor de outros centros de compras que foram efetivamente vendidos, relativizando-os, de modo que possa utilizar os índices levantados em seu próprio shopping. Exemplos desses itens são: a) valor do shopping/receita líquida e b) valor do shopping/área bruta locável. 

Essa metodologia tem como principal vantagem sua simplicidade de aplicação. No entanto, tal facilidade induz a erros aqueles que não a conhecem em profundidade. 

O equívoco mais comum é comparar transações que não são comparáveis. Imagine que um dos centros de compras mencionados anteriormente tenha um perfil popular (não tem estacionamento, há muitas lojas-âncora com aluguéis mais baratos, não tem ar-condicionado, os clientes gastam pouco nas lojas e, por fim, não há espaço físico para futuras expansões).

Por sua vez, outro shopping está localizado em uma avenida nobre de uma cidade com elevado poder aquisitivo. Por conta disso, o estacionamento é uma grande fonte de receita, muitas lojas têm produtos premium – com elevado ticket médio por cliente -, e há um grande espaço para duplicar a área bruta locável. Talvez não seja possível, de fato, comparar esses dois empreendimentos, pois eles apresentam rentabilidade e potencial de crescimento distintos.

Uma dificuldade para aplicar essa metodologia no Brasil é que aqui faltam dados públicos suficientes para termos amostras estatisticamente representativas e utilizáveis como base para a preparação de múltiplos. Uma dica é procurar consultorias especializadas que possuem bancos de dados com histórico de transações. 

Avaliação por fluxo de caixa descontado

Esse método é usado para empresas em crescimento ou estabilizadas, tendo como principal vantagem a capacidade de capturar idiossincrasias da empresa objeto da transação. 

Ou seja, captura melhor o potencial de crescimento, a rentabilidade e os riscos envolvidos. No entanto, uma vez que são projetadas diversas premissas operacionais e financeiras, certa subjetividade é inserida na avaliação.

Nesse método, o valor da empresa é definido pela sua possibilidade de geração de fluxo de caixa futuro, trazido a valor presente, descontando-se os riscos envolvidos. Assim, é definida uma taxa de desconto, com base em alguns critérios, para ser utilizada na avaliação do negócio.

De forma simplificada, a teoria financeira diz que o valor de um negócio está diretamente relacionado com a sua capacidade de gerar caixa no futuro. Isso significa que, na venda de um negócio, o comprador estará pagando o mesmo valor que receberá por meio dos resultados futuros da operação da empresa adquirida.

Para realizar uma avaliação de valuation de forma correta e imparcial, é fundamental contar com uma consultoria especializada, como a Apsis. Temos ampla experiência, com mais de 40 anos de atuação no mercado,  e estamos prontos para auxiliar sua empresa nesse processo. Entre em contato para saber mais sobre as soluções que oferecemos.

Pedro Gusmão
+ posts
+ posts

Share this post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.